Gerson Sorgetz

Gerson Sorgetz

Sou natural de Gramado e aprecio temas da política, pois trata-se de uma herança familiar. “Sempre bom lembrar que meu pai, seu Rudy Sorgetz (in memoriam), foi o primeiro Diretor-Secretário da Câmara de Vereadores de Gramado e gostava de política”.

SAIBA MAIS

34° Sonho de Natal valoriza a arte bonequeira de Canela

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O 34° Sonho de Natal de Canela valoriza uma das principais manifestações culturais de Canela: o teatro de bonecos. O Teatro Municipal recebe neste sábado (27) dois espetáculos. Na parte da tarde, a partir das 16h, ocorre o espetáculo “Sonho Infantil”. Depois, às 20h30, estreia o “Natal do Boneco Carlão”. Os ingressos para as apresentações podem ser trocados por um quilo de alimento não-perecível.

SONHO INFANTIL

Tudo começa com o entrosamento entre o ator-manipulador e o público através de brincadeiras que envolvem gestualidades e sonoridade. É uma peça lúdica e uma homenagem à arte da animação desde os tempos imemoriais em que a simplicidade era a linguagem universal do artista. O espetáculo interage entre o lúdico e o real, levando ao lazer, diversão e a reflexão de temas variados. Avalia e explora os sentimentos infantis, estabelecendo relações de confiança, coragem e superação.

Sob a direção de Nelson Haas, o espetáculo sintetiza todo investimento feito por Canela na área da cultura, promovendo a participação de alunos que sobem aos palcos para serem estrelas e realizar seus próprios sonhos. O final do espetáculo traduz bem o que o artista e a cidade pensam sobre como o público deve ser tratado. A cena onde uma sacolinha de lixo é transformada, aos olhos de todos, em uma bailarina promete emocionar.

Nelson Haas é um mestre da construção de bonecos. Autodidata, seus olhos enxergam objetos (muitos a ponto de ser descartados), que unidos se transformam em personagens mensageiros da emoção, do afago, do despertar, do imaginário, do fazer pensar, do fazer rir e chorar. Sua contribuição vai além da dramaturgia, potencializando ações de sustentabilidade e respeito ao Meio Ambiente com a reciclagem transformada em arte.

É um dos artistas que mais se apresentou nos palcos de Canela. Praça, Teatro Municipal, Teatro Casa de Pedra, Teatro Grande Hotel, Teatro do Laje de Pedra, escolas e entidades. Fez o Festival de Bonecos olhar para locais com apresentações que mostram o tamanho de sua dignidade. No Oásis Santa Ângela e no Presídio Estadual de Canela, seus personagens foram muito além dos olhos do público que o assistia. Foram até o coração.  Na Chegada do Papai Noel de 2019, produziu um cachorro manipulado por fios que contracenou com um elenco de alunos da Escola Rodolfo Schilieper (APAE) e proporcionou umas das cenas mais emocionantes que já pode ser presenciada em frente à Catedral de Pedra.

NATAL DO BONECO CARLÃO

A trupe do Bonecos da Montanha se prepara para a live mais esperada do ano: a chegada do Papai Noel em Canela. Os divertidos Carlão, Boneco de Neve, Gambá e Porco Espinho prometem surpreender. O personagem Carlão está inteiramente enraizado nas principais vertentes de Canela. Mestre de cerimônias na Chegada do Papai Noel de 2019, a atração conquistou seu espaço dentro do Sonho de Natal por se comunicar com todas as faixas etárias de maneira simples e divertida, o que é um objetivo do evento natalino.

O “Natal do Carlão” tem um vínculo com o Natal por sua abordagem, por seu figurino e por ser a arte bonequeira um ingrediente sempre utilizado dentro dos espetáculos de Natal. Mais ainda pelo personagem ter nascido dentro do Teatro Municipal, o que tem um simbolismo muito grande em um momento que o espaço está sendo reformado exatamente para abrigar a programação natalina. Então, nada mais justo do que uma das grandes estrelas do espaço faça parte da programação artística.

Beth Bado é a responsável pela criação e manipulação do personagem e tem em seu histórico uma grande contribuição para o desenvolvimento cultural e artístico de muitas pessoas na região. Ministrando cursos, oficinas e produzindo trabalho de terceiros, foi reconhecida junto com seu parceiro de Artes, Nélson Haas, com o Ponto de Cultura. Também tem o reconhecimento nacional e internacional, tendo participado de vários festivais no Brasil e no exterior.

Foto – Cleiton ThieleÁrea de anexos

Outras Notícias