Gerson Sorgetz

Gerson Sorgetz

Sou natural de Gramado e aprecio temas da política, pois trata-se de uma herança familiar. “Sempre bom lembrar que meu pai, seu Rudy Sorgetz (in memoriam), foi o primeiro Diretor-Secretário da Câmara de Vereadores de Gramado e gostava de política”.

SAIBA MAIS

Mulher encontrada morta após encontro em Gramado pode ter sido vítima de latrocínio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A morte da mulher encontrada após um encontro em um apartamento no centro de Gramado na noite desta quinta-feira (24) é um mistério. A Polícia Civil ainda não tem um suspeito, “mas estamos analisando as câmeras”, disse o Delegado Gustavo Barcellos que comanda as investigações. Deyna Chayena Nunes da Silva, 29 anos, pode ter sido vítima de um latrocínio (roubo com morte). Perícias foram solicitadas, “mas o motivo ainda é prematuro falar, a linha de investigação mais forte ainda é de latrocínio, mas não descartamos outras hipóteses”, disse Gustavo. Uma necropsia foi solicitada para ter as confirmações da causa da morte e se a mulher foi vítima de violência sexual.

Segundo registro em BO da Brigada Militar, Deyna marcou um encontro com um homem ainda não identificado em seu apartamento da Rua Prefeito Nelson Dinneber. Quando o rapaz chegou, às 19h58min, ela enviou mensagens para uma amiga relatando que ele era estranho e tinha “uma cara de malandro”. Cerca de meia hora depois, a mulher parou de responder as mensagens. As amigas decidiram ir até o apartamento, que estava trancado. Elas só conseguiram abrir a porta às 23h35min, quando Deyna foi encontrada morta e a Brigada Militar acionada. A mulher foi encontrada morta deitada de bruços em sua cama e vestia apenas roupas íntimas. No chão do quarto, os policiais encontraram um travesseiro sujo de maquiagem e batom na cor que a vítima usava. Também foi encontrado caída no chão a carteira da vítima, que não tinha nenhum dinheiro e o celular de Deyna havia sumido. Mistério para a Polícia.

Outras Notícias