Gerson Sorgetz

Gerson Sorgetz

Sou natural de Gramado e aprecio temas da política, pois trata-se de uma herança familiar. “Sempre bom lembrar que meu pai, seu Rudy Sorgetz (in memorian), foi o primeiro Diretor-Secretário da Câmara de Vereadores de Gramado e gostava de política”.

SAIBA MAIS

Polícia prende em restaurante suposto autor de homicídio e tráfico em Gramado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Polícia Civil de Gramado, com apoio da Brigada Militar, prendeu dois homens no âmbito de investigações de homicídio/execução e tráfico de drogas. Um dos presos é investigado pelo homicídio e execução de Celso Berwig, crime ocorrido no dia 12 de maio. O preso tinha assumido a função de recebimento, armazenamento e distribuição de drogas a traficantes do varejo, bem como cobranças de dívidas do tráfico para facção criminosa com base na região metropolitana, que busca o controle do narcotráfico na cidade e que é responsável pelas execuções ocorridas em Gramado desde o final de 2017, dentre as quais a de Celso Berwig. O homem é natural da Bahia e está residindo há pouco tempo em Gramado. Ele foi preso no interior de um restaurante no centro de Gramado onde trabalhava e tinha a função de cuidar à noite. Em seu poder, no restaurante, foram apreendidos cerca de quatro quilos de maconha, duzentos gramas de cocaína ainda em pedra, anotações de contabilidade do tráfico, smartphones. A companheira do investigado também foi detida. O segundo alvo da operação, conforme as investigações, também tinha papel de destaque na organização criminosa, sendo responsável por receber, fracionar e distribuir drogas a outros traficantes, além de realizar a venda direta. Em sua residência, no Bairro Várzea Grande, foi apreendido um tijolo com cerca de novecentos e sessenta gramas de maconha, além de quarenta gramas de cocaína, dinheiro, smartphones e outros objetos de interesse da investigação. O investigado estava acompanhado de sua namorada, que também foi detida. Ele foi autuado por tráfico de drogas vinculado à facção criminosa acima referida. Segundo o Delegado Gustavo Barcellos, “os nomes dos presos não serão divulgados neste momento por conveniência da investigação”. A operação foi denominada de DUAS CARAS.

Foto e informações: Policia Civil de Gramado

Outras Notícias