Gerson Sorgetz

Gerson Sorgetz

Sou natural de Gramado e aprecio temas da política, pois trata-se de uma herança familiar. “Sempre bom lembrar que meu pai, seu Rudy Sorgetz (in memorian), foi o primeiro Diretor-Secretário da Câmara de Vereadores de Gramado e gostava de política”.

SAIBA MAIS

Em Assembleia médicos do Hospital São Miguel dão prazo de 20 dias para regularizar salários ou param

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Em Assembleia na noite desta quarta-feira (29) os médicos que compõem o Corpo Clínico do Hospital Arcanjo São Miguel decidiram, por maioria simples, paralisar as especialidades, atendimentos que não se enquadrem em urgência e emergência e cirurgias pelo SUS, em 20 dias, caso os vencimentos não sejam postos em dia pela Prefeitura de Gramado, atual interventora da Casa de Saúde. Segundo o diretor Clinico, Élcio Starck Machado, esta decisão foi tomada perante o déficit de R$ 300 mil mensais do custo SUS do HASM e perante atrasos de três meses no recebimento dos salários de todos os médicos, é que a Assembleia decidiu pela paralisação dos atendimentos de especialidades, atendimentos que não se enquadrem em urgência e emergência e cirurgias pelo SUS em 20 dias caso os vencimentos não sejam postos em dia”, disse o diretor do Corpo Clínico do Hospital.

O Sindicato Médico esteve presente na reunião e está preparando notificação oficial para administração do hospital, dando o prazo de 20 dias corridos, de acordo com a lei 7783/89, que dispõe sobre o exercício de direito de greve.

“O Corpo Clínico deixa claro que não quer que a população seja prejudicada, porém não compactua com mais de dois anos de constantes atrasos, com três anos sem qualquer reajuste e contrato Pessoa Jurídica, sem direito trabalhista algum”, ressaltou o Dr. Élcio.

Na aprovação da decisão por maioria simples apenas dois médicos votaram contra a greve: Dr. Ubiratã Oliveira e o Dr. Márcio Muller.

Outras Notícias