Gerson Sorgetz

Gerson Sorgetz

Sou natural de Gramado e aprecio temas da política, pois trata-se de uma herança familiar. “Sempre bom lembrar que meu pai, seu Rudy Sorgetz (in memorian), foi o primeiro Diretor-Secretário da Câmara de Vereadores de Gramado e gostava de política”.

SAIBA MAIS

Gramado e Canela fora da disputa do Prêmio Gestor Público 2016

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa será palco hoje (08) à noite às 19 horas da solenidade de premiação do 15º Prêmio Gestor Público. Nesta edição, 47 municípios inscreveram 95 projetos. A comissão julgadora selecionou 40 projetos, de 29 municípios, para concorrerem à premiação. Gramado e Canela estão fora da disputa.

Os municípios finalistas são:

Alecrim, Alto Feliz, Arroio do Meio, Bento Goncalves, Cachoeirinha, Cacique Doble, Campo Bom, Caxias do Sul, Chapada, Farroupilha, Feliz, Flores da Cunha, Giruá, Guaporé, Itatiba do Sul, Jaguari, Nova Prata, Nova Santa Rita, Panambi, Passo Fundo, Picada Café, Santa Maria do Herval, Santiago, Santo Antônio da Patrulha, São Lourenco do Sul, São Paulo das Missões, Serafina Correa, Tapera e Tupandi.

 

A premiação em disputa na noite desta terça-feira é a seguinte:

Troféu Prêmio Gestor Público Especial, Troféu Prêmio Gestor Público – 15 Anos – Administração Tributária, Troféu Prêmio Gestor Público Tecnologia da Informação,

Troféu Prêmio Gestor Público Destaque – Emprego e Renda e o Troféu Prêmio Gestor Público.

 

O grande vencedor receberá o troféu Prêmio Gestor Público Especial. Para o projeto vencedor no tema em destaque nesta edição – “Emprego e Renda: caminhos para desenvolvimento econômico-social e cidadania” – será entregue o troféu Prêmio Gestor Público Destaque. Também será premiado um projeto da área de Tecnologia da Informação.

Dez projetos vencedores também receberão o troféu Prêmio Gestor Público. Ainda serão entregues seis menções honrosas e certificados de participação.

 

O Prêmio Gestor Público foi criado em 2002 com a finalidade avaliar e dar reconhecimento público aos melhores projetos das administrações públicas municipais do Rio Grande do Sul. A iniciativa é da categoria dos Auditores-Fiscais da Receita Estadual do RS, representados pelo Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Tributária do RS (Sindifisco-RS) e pela Associação dos Fiscais de Tributos Estaduais do RS (Afisvec).

Outras Notícias